Cadastre-se

O papel do coordenador pedagógico

Educação de qualidade é uma busca constante das instituições de ensino, para que isso se torne realidades são necessárias ações que sustentem um trabalho em equipe e uma gestão que priorize a formação docente contribuido para um processo administrativo de qualidade conforme Chiavenato (1997, p.101), “não se trata mais de administrar pessoas, mas de administrar com as pessoas. As organizações cada vez mais precisam de pessoas proativas, responsáveis, dinâmicas, inteligentes, com habilidades para resolver problemas, tomar decisões”. Nessa perspectiva devemos identificar as necessidades dos professores e com eles encontrar soluções que priorizem um trabalho educacional de qualidade esse trabalho é desenvolvido pelo coordenador pedagógico.

Esse profissional tem que ir além do conhecimento teórico, pois para acompanhar o trabalho pedagógico e estimular os professores é preciso percepção e sensibilidade para identificar as necessidades dos alunos e professores, tendo que se manter sempre atualizado, buscando fontes de informação e refletindo sobre sua prática como nos fala NOVOA (2001), “a experiência não é nem formadora nem produtora. É a reflexão sobre a experiência que pode provocar a produção do saber e a formação“ com esse pensamento ainda é necessário destacar que o trabalho deve acontecer com a colaboração de todos, assim o coordenador deve estar preparado para mudanças e sempre pronto a motivar sua equipe. Dentro das diversas atribuições está o ato de acompanhar o trabalho docente, sendo responsável pelo elo de ligação entre os envolvidos na comunidade educacional. A questão do relacionamento entre o coordenador e o professor é um fator crucial para uma gestão democrática, para que isso aconteça com estratégias bem formuladas o coordenador não pode perder seu foco.

O coordenador precisa estar sempre atento ao cenário que se apresenta a sua volta valorizando os profissionais da sua equipe e acompanhando os resultados, essa caminhada nem sempre é feita com segurança, pois as diversas informações e responsabilidades o medo e a insegurança também fazem parte dessa trajetória, cabe ao coordenador refletir sobre sua própria prática para superar os obstáculos e aperfeiçoar o processo de ensino – aprendizagem. O trabalho em equipe é fonte inesgotável de superação e valorização do profissional.

Por Vanessa dos Santos Nogueira
Colunista Brasil Escola

Trabalho Docente - Educador - Brasil Escola

  • quinta-feira | 18/12/2014 | GLAUCI LE&Atil...

    É MEU SEGUNDO ANO COMO COORDENADOR PEDAGÓGICO DE 1º AO 9º, E ISSO REQUER MUITO CONHECIMENTO POR PARTE DO COORDENADOR. E ESTE TEXTO É BASTANTE ESCLARECEDOR QUANTO A UMA BOA ATUAÇÃO.

  • quarta-feira | 24/09/2014 | CLEINHA CARVALHO

    MUITO BEM EXPLICADO, DE FORMA CLARA E COMPREENSIVA. TIROU MINHAS DUVIDAS!

  • sábado | 20/09/2014 | rita

    gostei muito da forma como foi passada as atribuições do coordenador pedagógico e gostaria de obter maiores esclarecimentos sobre esses assunto que cercam esse profissional,

  • terça-feira | 05/08/2014 | FLAVIA BARBOSA...

    É meu primeiro ano como coordenadora do Brasil Alfabetizado, tenho pouco conhecimento mais a pesquisa é continua...

Brasil Escola nas Redes Sociais