Cadastre-se

A Ética do Consenso

“O Homem é uma flecha lançada ao vento e à ação”. Kahlil Gibran

Ética significa caráter, modo de ser. Isso vale tanto para indivíduos como para grupos da sociedade. A palavra grega de origem é “ethos” e foi introduzida na filosofia ocidental por Aristóteles. A ética diz respeito à organização da vida da pessoa, da família, das instituições, da sociedade como um todo.

Isto quer dizer que, liberdade e diferença, noções de pluralismo, escolhas e responsabilidades são opções das pessoas. Ao falar de ética, estamos falando de nós mesmos, dos grupos dos quais participamos e da sociedade em que vivemos.
Podemos enumerar varios tipos de Ética:

Ética pessoal, que diz respeito à ação individual. Ter ética é ter consciência ou caráter. É ter seus valores e princípios fundamentados nas suas convicções e particularidades.

Ética Pública (ou social), que diz respeito à responsabilidade da sociedade como um todo pelo bem comum.

Ética Profissional, que diz respeito à forma particular de agir da pessoa em sua atividade profissional em benefício da comunidade a que pertence.

A Ética do consenso é um conjunto de práticas exercidas pelo individuo com a consciência de sua inclusão social, em seus múltiplos papéis e funções, objetivando a sua realização pessoal. Para a ética do consenso, só há aperfeiçoamento, quando surgem resultados proveitosos para si, com um mínimo de prejuízo para o outro, havendo um máximo de melhoria na vida alheia.

A ética deve responder ao que é seu e ao que é do outro, sendo assim, a ética do consenso, estabelece solução para toda probabilidade de conflito de interesses. Isso não quer dizer que devemos nos nortear pela idéia do consenso absoluto, mas pela idéia do consenso da maioria, substituindo as éticas individualistas, prosperando assim, os indivíduos e suas diversas éticas.

A Ética, portanto, é tema para todas as pessoas em qualquer idade, pois nos defrontamos a todo o momento com problemas gerados pelo egoísmo, pela insensibilidade e desrespeito ao outro.

A Ética como meio para se chegar a um fim, vai nos ensinar a usar a nossa liberdade para realizar as nossas potencialidades como ser humano. Se o Homem é uma flecha lançada ao vento e à ação, chegaremos onde nosso empenho e a nossa genética permitirem. A solidariedade ética que une os indivíduos numa relação recíproca de reconhecimento e consenso tem lugar na consciência moral social, que ocorre na dimensão inter-relacional dos homens, em que um reconhece o outro como igual e, assim, passa a respeitá-lo (Vaz, 2000, p. 90-92).

Como estabelecer a ética nos dias atuais, quando sabemos que um dos símbolos da globalização é justamente a negação da individualidade? Sabemos que os identificadores da sociedade capitalista são os de consumo definidos e oferecidos como “valores de felicidade”. Como deve ser a nossa postura frente à ética que se submete ao benefício da cidadania e a que se submete ao jugo do sistema?

 Ref: VAZ, H.C.L. -Introdução à ética filosófica

Amélia Hamze
Profª da FEB/CETEC
ISEB/FISO-Barretos
ahamze@uol.com.br

Trabalho Docente - Educador - Brasil Escola

Brasil Escola nas Redes Sociais