Cadastre-se

A televisão e sua influência

Televisão (do grego tele - distante e do latim visione - visão) é um sistema eletrônico de recepção de imagens e som de forma instantânea. Foi o russo Constantin Perskyi quem introduziu o termo televisão, no discurso que apresentou no Congresso Internacional de Eletricidade, associado nesse ano à famosa Exposição Mundial de Paris, de 1900. Este termo rapidamente se popularizou, ultrapassando o uso de outros termos como telescopia, telefoto, telectroscopia, etc.

Em março de 1935, emite-se oficialmente a televisão na Alemanha, e em novembro na França, sendo a Torre Eiffel o posto emissor. As transmissões regulares só começaram em 1939. A pioneira foi a NBC. Também em 1939 começaram a ser vendidos ao público os primeiros aparelhos de TV. Em 1941 as transmissões de som foram transferidas de AM para FM.

O Brasil foi o primeiro país da América do Sul a implantar a televisão, em 18 de setembro de 1950. A pré-estréia da Televisão no Brasil aconteceu no dia 3 de Abril de 1950. Foi com uma apresentação de Frei José Mojica e as imagens foram assistidas em aparelhos instalados no saguão dos Diários Associados. No dia 10 de setembro foi transmitido um filme onde Getúlio Vargas falava sobre seu retorno à vida política. Finalmente no dia 18 de setembro a TV Tupi de São Paulo, foi inaugurada. Era a consolidação do sonho de um pioneiro da comunicação no Brasil: Francisco de Assis Chateaubriand Bandeira de Melo, que já controlava uma cadeia de jornais e emissoras de rádio chamada Diários Associados.

Pode-se garantir que a televisão foi um dos inventos que mais fez jus a um maior número de críticas e de louvores e também a ferramenta audiovisual que mais contribuiu, concomitantemente com a rádio e a imprensa, para fazer do planeta uma imensa aldeia global. Tornando-se acessível à grande maioria das pessoas, constituiu uma forma de companhia, de diversão, de informação e de formação, e através disso influenciou especialmente a educação. Sua influência é inegável.

O doutor em História Social Marcos Napolitano diz que a escola deve procurar "alfabetizar" visualmente os alunos e os ensinar a "ler" televisão. Segundo ele, é a leitura e o domínio da palavra escrita que dão um repertório lingüístico mais amplo ao aluno e o habilita a ser um espectador crítico. Levar a televisão para a sala de aula implica também ensinar os alunos a vê-la com olhar crítico. O importante é saber usá-la para o cotidiano, não sendo usado por ela.

O ambiente televisivo é especialmente o referencial de informações tanto sociais como culturais, tornando-se companheiro das interações afetivas, emocionais e tem um amplo artifício subliminar, pois passa muitas informações que não apreendemos conscientemente. A televisão é ainda, o meio utilizado, por excelência para obtenção de informações. É através dela, principalmente, que as pessoas entram em contato com os outros mundos, outros povos e culturas.

O educador tem que perceber que a educação tem um alto componente comunicativo. A televisão como recurso didático amplia as possibilidades de acesso a materiais que recortam a realidade do nosso país, e apresentam as constantes violações dos direitos do cidadão e, muitas vezes apresentam alternativas de solução para a questão. Quando os alunos são preparados a ler a televisão e são alfabetizados visualmente pelos seus professores, são capazes de criticamente entender as mensagens transmitidas pela televisão, questionando-as e construindo idéias sobre as informações.

Ref:Joan Ferrés. Televisão e Educação

Amélia Hamze
Profª FEB/CETEC
ISEB/FISO

Trabalho Docente - Educador - Brasil Escola

  • sexta-feira | 18/04/2014 | VALERIA CLARA ...

    É isso mesmo, não se pode ignorar que este meio de comunicação exerce forte influência na forma de pensar de nossos jovens e crianças e ensiná-los a criticar o que estão assistindo e ao mesmo buscar programas realmente construtivos faz parte do processo de aprendizagem e pode evitar o vício pelas informações prontas e sobrecarregadas de intenções politicas e economicas,

  • quarta-feira | 06/06/2012 | Manuella

    Interessante irá me ajudar bastante!

  • quarta-feira | 13/04/2011 | Helen

    Muito massa. . .!!

  • domingo | 27/12/2009 | Barbara

    Muitissimo bom esse texto, mas acho que ficaria melhor se houvesse informações de como as pessoas lidam com a tv hoje em dia, e as más influências da mesma.

Brasil Escola nas Redes Sociais