Cadastre-se

Métodos avaliativos – Uma reformulação pedagógica

No sentido de diagnosticar possíveis entraves no que se refere à aquisição do conhecimento, o educador lança mão de métodos avaliativos que viabilizem tal propósito. Entretanto, há um fator que impera em meio a este processo – o fato de que, para muitos alunos, a avaliação tenha tomado concepções diferentes, sendo concebida até mesmo como um estigma.

Tal ocorrência decorre, em sua maioria, pelo fato de que esta, ao invés de ser entendida como algo natural, representa um instrumento coercitivo, que via de regra corrobora tão somente para um sentimento de temor e repulsa.

De acordo com os propósitos firmados pelas atividades pedagógicas avaliativas, as mesmas devem assumir um caráter sistemático e contínuo que permita contemplar os resultados alcançados em função da prática docente, tornando-se passíveis de reformulação a cada experiência obtida de forma negativa.

O baixo desempenho obtido por meio de uma avaliação formal nem sempre é oriundo da falta de conhecimento ou do déficit em relação à aprendizagem, mas sim pela insuficiência condicionada à falta de qualidade da própria atividade. Especialistas alertam para o fato de que o educador deva priorizar as habilidades e competências que ora se deseja verificar.

Para que o propósito seja alcançado, há que se adotar algumas posturas relacionadas ao aspecto constitutivo da avaliação. Entre as mesma destacam-se:

* Formular questões com enunciados que priorizem a objetividade, se possível concisos, a fim de permitir a efetiva compreensão por parte dos alunos.

* Mesclar questões objetivas com subjetivas também funciona como excelente recurso, uma vez que essas estão condicionadas à habilidade da escrita em consonância com a formulação de opiniões , e aquela ao nível de conhecimento teórico.

* Priorizar o tempo estimado para a realização da proposta torna-se uma competência enfática, em virtude disso, sugere-se que o educador se atenha à proporcionalidade em relação à extensão.

Dentre esses procedimentos vale lembrar que outras alternativas também tendem a ser extremamente pertinentes, como é o caso de uma correção comentada sobre as questões avaliativas, bem como proporcionar momentos em que a atividade se dê de forma coletiva, no sentido de proporcionar uma abertura para comentários e discussões acerca do assunto abordado, confrontando ideias no sentido de atingir o senso comum.

Tais procedimentos preenchem “possíveis lacunas” relacionadas à obtenção de resultados positivos.

Por Vânia Duarte
Graduada em Letras
Equipe Brasil Escola

Sugestões Pais e Professores - Educador - Brasil Escola

Brasil Escola nas Redes Sociais