Cadastre-se

Trabalhando com o uso da linguagem figurada

A linguagem figurada desperta a sensibilidade e aprimora a interpretação textual

A dificuldade de interpretação textual é um problema que acomete a maioria dos alunos. O fato ocorre em decorrência de vários fatores. Um deles é a ausência do hábito pela leitura.

Como não praticam, sentem-se despreparados para entender a mensagem que um texto oferece, fazendo com que a mensagem fique sem sentido. E a problemática acaba atingindo todas as disciplinas, pois os alunos que apresentam dificuldade em interpretar um texto, certamente sentirão dificuldades em resolver um problema de matemática, física, e outras áreas afins.

Em virtude disso, torna-se de fundamental importância que o professor determine um momento para trabalhar esta questão, levando para a sala de aula uma variedade de gêneros textuais, tais como recortes jornalísticos, textos narrativos, anúncios publicitários, literários, dentre outros.

Valer-se de uma gama de metodologias diferenciadas, as quais proporcionam resultados eficazes, é um recurso que permeia o cotidiano de todo bom profissional da área educacional. Razão pela qual seguem adiante algumas delas que poderão contribuir para o objetivo pretendido. Entre as mesmas, destaca-se:
Proporcionar o “manejo” com uma diversidade de provérbios, pois eles dão margem a uma multiplicidade de interpretações, além de contribuir para uma reflexão acerca de valores morais e éticos. A título de exemplificação, tem-se:

Mais vale um pássaro na mão do que dois voando
A pressa é a inimiga da perfeição
Cada cabeça, cada sentença
Nunca digas que desta água não bebereis
Quem espera sempre alcança.
Casa de ferreiro, espeto de pau.

Realizado o propósito, sugerir que os alunos leiam para toda a sala, pois o exercício estimula a criatividade.

Outra estratégia de grande valia é trabalhar com o uso da linguagem metafórica, uma vez que auxilia na compreensão de textos literários, bem como desperta a sensibilidade para distinguir o significado simbólico das palavras. Observemos pois, alguns exemplos:

• Eu sou um poço de dor e estupidez.
• Sou um cachorro sem sentimentos.
• Dois diamantes brilhavam no rosto da menina.
• Seus olhos são dois oceanos.
• Meu pensamento é um rio subterrâneo. (Fernando Pessoa)
• Cada fruto desta árvore é um pingo de ouro.

Recursos como estes colaboram para o bom desempenho da compreensão textual e proporcionam maior interatividade com a magia e encantamento inerentes à linguagem.

Por Vânia Duarte
Graduada em Letras
Equipe Brasil Escola

Orientações - Educador - Brasil Escola

Brasil Escola nas Redes Sociais