Cadastre-se

Musicalização: ampliando o repertório na pré-escola


Trabalho musical desenvolvido na pré-escola.

De acordo com pesquisas, a música é considerada uma das formas mais enriquecedoras de se trabalhar com a criança, uma vez que desenvolve inúmeros aspectos que contribuem para desenvolver o raciocínio, em especial as questões reflexivas.
Na pré-escola a música representa papel de extrema importância, desenvolvendo um trabalho no qual a percepção musical é estimulada pela audição e interação com diversos tipos de canções, questões essas colocadas pelo Referencial Curricular Nacional.

A seleção quanto ao tipo de canção a ser trabalhado, ou seja, gêneros, estilos, épocas e culturas, não importam desde que o repertório tenha qualidade, apresentando composições e arranjos ricos.
Destaca-se aos educadores que a antiga idéia de que crianças no ambiente escolar devem ouvir apenas música de criança é uma visão condenada atualmente de acordo com vivências do dia-a dia.

Tal postura se deve ao fato de que uma turma não pode se limitar apenas a ouvir músicas infantis, mesmo porque muitas delas são inadequadas, no sentido de apresentar textos muitas vezes fracos ou muito óbvios, rimas pobres, contextos sem finalidade de trabalho, etc.

O educador deve ter consciência que a musicalização é parte integrante de nossa cultura, aparecendo naturalmente no contexto social e educativo. Vale lembrar ainda que, quando trabalhando na pré-escola, é um recurso extremamente rico que contribui para o desenvolvimento cognitivo e emocional da pessoa e que merece atenção especial.

Ao desenvolver a musicalização, principalmente na pré-escola, o educador leva a criança a integrar experiências que envolvem a vivência, a percepção e a reflexão, conduzido-as para níveis cada vez mais elaborados.

Ressalta-se que o contato intuitivo e espontâneo com a expressão musical desde os primeiros anos de vida é importante ponto de partida para o processo de musicalização.
Segundo Penna (1990), a música é o material para um processo educativo e formativo mais amplo, dirigido para o pleno desenvolvimento do indivíduo, enquanto sujeito social.

O trabalho da musicalização desde o início da fase escolar é extremamente nobre, uma vez que contribui na formação da criança, ensinando-a a viver em sociedade, oferecendo ao educador inúmeras questões que são fundamentais e fazem parte do currículo escolar, como exemplo: datas comemorativas, manifestações folclóricas, disciplina, respeito ao próximo, hábitos de higiene, boas maneiras, hábitos alimentares, entre outros.

Boa sorte e sucesso!

Por Elen Campos Caiado
Graduada em Fonoaudiologia e Pedagogia
Equipe Brasil Escola

Orientações - Educador - Brasil Escola

 

 


Brasil Escola nas Redes Sociais