Cadastre-se

Currículo de matemática do 1º ao 5º ano do ensino fundamental

O conhecimento que uma criança adquire em um determinado ano da sua vida escolar será levado para os anos seguintes, nos quais irá aprimorá-lo. Uma criança que inicia o 1º ano do ensino fundamental estará ao final do 5º ano conseguindo identificar mais símbolos, desenvolver com mais facilidade alguns raciocínios matemáticos.

Estão relacionados abaixo alguns conhecimentos matemáticos (baseados nas diretrizes curriculares da Secretaria de Educação, que contou também na sua formulação com a ajuda de educadores) que crianças de 1º ao 5º ano do ensino fundamental irão adquirir em cada ano, ou seja, qual o conteúdo ou conhecimento matemático que é trabalhado em cada etapa do ensino fundamental.

Veja alguns conhecimentos matemáticos adquiridos por crianças do:

1º ANO
• Ampliar o conhecimento sobre os números, ou seja, ter noção de maiores quantidades.
• Contar oral e mentalmente objetos.
• Aplicar conhecimentos ou estratégias (essas estratégias devem surgir das crianças, com mínima orientação do professor) pessoais para resolver problemas que envolvam as quatro operações.
• Ler mapas e plantas baixas simples.
• Identificar e representar semelhanças e diferenças entre formas geométricas.
• Montar e desmontar embalagens tridimensionais.
• Usar o calendário.
• Comparar, identificar e estimar grandezas como: comprimento, temperatura, massa e capacidade e iniciar o uso de instrumentos de medidas.
• Usar tabelas simples.


2º ANO
• Realizar contagem oral.
• Saber regras de sistemas numéricos.
• Ler e reproduzir escritas numéricas.
• Ampliar o uso de estratégias adquiridas na série anterior na resolução de problemas.
• Saber de memória alguns resultados.
• Usar várias estratégias de cálculo.
• Noção de espaço.
• Noção de tempo utilizando o calendário.
• Ampliar o conhecimento sobre instrumentos de medidas e grandezas.

3º ANO
• Utilizar o sistema numérico em sua forma convencional.
• Articular melhor os números em estratégia de cálculo mental.
• Usar técnicas convencionais de adição e subtração.
• Iniciar a organização de “armar contas”.
• Utilizar a nomenclatura correta para formas e figuras.
• Saber ver as horas.
• Utilizar o sistema métrico.

4º ANO
• Saber organizar os números naturais em ordem crescente e decrescente.
• Realizar cálculos aproximados.
• Conhecer os números com vírgula e em forma de fração.
• Saber a tabuada, e outras contas que envolvem a operação de multiplicação, de cabeça.
• Saber operar números naturais utilizando as suas estratégias e operações convencionais.
• Identificar semelhança e diferença entre figuras geométricas.
• Identificar a diferença entre perímetro e área.
• Com os conhecimentos já adquiridos nos anos anteriores sobre grandezas e instrumentos de medidas, no 4 º ano a criança deverá identificar as unidades de medias.
• Utilizar o sistema monetário brasileiro.

5º ANO
• Entender e colocar em prática as regras do sistema de numeração decimal para leitura, escrita e ordenação de números naturais.
• Identificar as frações em situações problemas.
• Escrever, ler e ordenar números com vírgula e frações.
• Resolver situações problemas mentalmente, utilizando estratégias pessoais e cálculos convencionais.
• Usar porcentagem.
• Identificar dentre as figuras geométricas os poliedros e compreender a relação entre vértice, face e aresta.
• Fazer o uso dos conhecimentos adquiridos no 4º ano sobre área e perímetro para fazer os devidos cálculos.
• Construir gráficos.

Os conhecimentos matemáticos adquiridos durante esses primeiros anos da educação de uma criança podem ser considerados como a alfabetização matemática, qualquer fase quebrada ou conhecimento não absorvido pode deixar marcas que só serão identificadas depois de muito tempo, podendo ser tarde demais.

Por Danielle de Miranda
Graduada em Matemática
Equipe Brasil Escola

Matemática - Orientações - Educador - Brasil Escola

  • sexta-feira | 06/01/2012 | FLAVIA

    currículo mat

  • terça-feira | 31/05/2011 | Adriana Aluchn...

    Por favor, quero saber se esse curriculum é para o ensino fundamental de oito anos ou de nove, pois estou com dúvida quanto ao livro do meu filho que está no terceiro ano e acho o livre muito adiantado.

Brasil Escola nas Redes Sociais