Cadastre-se

Como ensinar física

Sabemos que o ensino de física não é fácil, tanto para professores quanto para alunos. Para os alunos parece ser bem mais difícil, pois muitos deles não vêem utilidade alguma em se aprender tal matéria. O professor deve mudar essa idéia, deixando de lado aquelas velhas aulas cheias de equações matemáticas, buscando inovar e mostrar que física não é de assustar. Para isso o professor pode utilizar o mecanismo da experimentação, como também a explicação de fenômenos do cotidiano através dos conceitos aprendidos. Buscar instigar os alunos para que eles tomem gosto pela ciência é uma boa pedida, uma vez que eles gostam de descobrir novas coisas, novos horizontes.

O professor pode, ao falar de pressão, fazer a seguinte pergunta aos seus alunos: por que o avião não cai? Através dessa pergunta surgirão várias respostas, algumas delas fora do comum, mas isso é normal, outras vão ter algum embasamento, mas o que realmente interessa é fazer com que os alunos entendam que a física proporciona o entendimento e a compreensão do movimento do avião.

Em forma de desenhos e diagramas pode-se mostrar que, para que o avião se mantenha no ar, existe uma força que contrabalanceia o peso do avião. O peso do avião é pra baixo, apontado para o centro da Terra, em contrapartida existe uma força que é apontada para cima e que equilibra o avião. De forma mais simples o que faz com que o avião se mantenha no ar é a velocidade do ar e o formato das asas.
Um experimento bem simples dá ao professor a capacidade de fazer com que os alunos entendam o princípio que mantém o avião no ar.

Pegue um pedaço de papel coloque-o no lábio inferior e assopre a superfície da folha. Feito isso será possível perceber que quando o ar da parte de cima do papel se movimenta o mesmo fica na horizontal, o que acontece com o avião é a mesma coisa, é por esse motivo que as asas dele são feitas de forma que cortem o vento quando ele se movimenta, fazendo com que a velocidade do ar que passa em cima seja maior do que a velocidade do ar que passa por baixo. Assim sendo, surge uma força de baixo para cima que sustenta o avião no ar. Ou seja, a pressão na parte de baixo da asa é maior que na parte de cima, empurrando o avião para cima, mantendo-o no ar.

Com explicações e experimentações desse tipo, o professor instiga os alunos a buscarem novos conhecimentos, além de fazer com que eles tomem gosto pela ciência física.

Por Marco Aurélio da Silva
Equipe Brasil Escola

Orientações - Educador - Brasil Escola

Brasil Escola nas Redes Sociais