Cadastre-se

Processo de digestão

O processo de digestão ocorre em todos os seres vivos, e nos seres humanos o alimento passa por diversos processos para que seja absorvido grande número de nutrientes.

Sistema digestório humano
Sistema digestório humano

Nos seres humanos, a ingestão, digestão e absorção dos alimentos são feitas por um conjunto de órgãos que compõe o sistema digestório (também chamado por alguns de sistema digestivo). O nosso sistema digestivo é formado pela boca, esôfago, estômago, intestino e ânus.

Nossa digestão começa na boca, pois nela há alguns elementos que auxiliam na digestão, como a língua, os dentes e as glândulas salivares.

Em nosso estômago, o alimento sofre a ação do suco gástrico, uma solução rica em enzimas e ácido clorídrico, que atuará na digestão de diversos tipos de substâncias.

Do estômago, o bolo alimentar segue para os intestinos, onde sofrerá a ação de enzimas e serão absorvidas as substâncias úteis ao metabolismo do organismo.

A partir das atividades práticas propostas abaixo, o professor trabalhará com os alunos os diversos processos que ocorrem na digestão, desde sua ingestão pela boca até a absorção de nutrientes pelos intestinos. Para cada componente do sistema digestório haverá uma atividade prática.

A ação da saliva nos alimentos que ingerimos

Material necessário

Conta-gotas; tintura de iodo; 2 copos plásticos de café; 2 tubos de ensaio numerados; água; amido.

Como fazer

Coloque água em um dos copos e em seguida acrescente amido. Mexa bem até dissolver e depois divida essa solução nos dois tubos de ensaio. No outro copo coloque saliva. Coloque essa saliva em um dos tubos e agite bem. Deixe os tubos descansando e depois de meia hora coloque uma gota de iodo em cada tubo. Os alunos devem verificar o que acontece.

Para o professor: o amido, ao reagir com o iodo, apresenta coloração roxa, mas a solução que está no tubo de ensaio que contém saliva não fica roxa porque na saliva há uma enzima chamada de ptialina. Nesse caso, o amido sofrerá ação da enzima e não reagirá com o iodo.

A importância da boa mastigação

Material necessário

Dois copos com água; dois comprimidos efervescentes.

Como fazer

Coloque a mesma medida de água nos dois copos. Em seguida triture um dos comprimidos. Coloque, ao mesmo tempo, o comprimido inteiro e o comprimido triturado dentro dos copos com água. Os alunos devem verificar o que acontece.

Para o professor: podemos observar que o comprimido triturado se dissolve bem mais rapidamente do que o inteiro. Isso, na digestão, faz referência ao tamanho dos alimentos. Quanto mais mastigarmos os alimentos, menores serão os pedaços e estes serão absorvidos pelo organismo com maior rapidez.

Sentindo sabores

Material necessário

Quatro conta-gotas de forma que em cada um haja uma substância (suco de limão, chá de carqueja, água com açúcar e água com sal); colheres e açúcar.

Como fazer

Comente com os alunos sobre as regiões da língua que sentem os sabores. Em seguida, pingue os líquidos contidos nos conta-gotas em várias regiões da língua. Peça a um aluno que mantenha a boca seca e, em seguida, coloque açúcar na língua dele. Os alunos devem verificar o que acontece.

Para o professor: o nosso cérebro interpreta informações captadas pelos sensores presentes em nossa língua. Quando nossa boca está seca não conseguimos sentir sabores porque a saliva ajuda a desprender partículas que sensibilizam o paladar presente nos alimentos.

Fazendo os movimentos peristálticos

Material necessário

Uma meia-calça; uma bolinha que pode ser de isopor, tênis ou pingue-pongue; bolachas.

Como fazer

Dê a cada aluno uma bolacha e peça a eles que coloquem a mão sobre a garganta no momento da deglutição. Com isso eles sentirão os movimentos peristálticos feitos pelo esôfago. Depois disso, coloque a bolinha dentro da meia-calça e faça movimentos para que a bolinha deslize pela meia. Nesse caso, a bolinha representará a comida enquanto a meia representará o esôfago.

Para o professor: os movimentos feitos com a bolinha dentro da meia imitam os movimentos peristálticos feitos pelos músculos do esôfago, que, por sua vez, utiliza tais músculos para encaminhar os alimentos até o estômago. Esses movimentos ocorrem em todos os órgãos do sistema digestório.

O suco gástrico e sua acidez

Material necessário

Vinagre ou suco de limão; um copo plástico de café; leite.

Como fazer

Coloque leite no copo e em seguida adicione vinagre. Os alunos devem verificar o que acontece.

Para o professor: quando em contato com o vinagre, o leite talha. O mesmo ocorre com o suco gástrico no estômago: tal suco, em razão de sua composição, quebra as moléculas grandes dos alimentos em moléculas menores.

O detergente da digestão

Material necessário

Dois copos; água; detergente; óleo de cozinha.

Como fazer

Coloque água e óleo nos dois copos. Em seguida, adicione detergente em um deles. Os alunos devem verificar o que acontece.

Para o professor: o detergente age como a bile produzida pelo fígado, que transforma as gorduras em gotículas pequenas para facilitar a digestão.

Quebrando as proteínas

Material necessário

Quatro tubos de ensaio numerados; clara de ovo cozida; suco de limão, suco de mamão e suco de abacaxi; algodão; água.

Como fazer

Em cada tubo de ensaio coloque um dos líquidos. Corte a clara de ovo em pequenos pedaços e coloque-os dentro dos quatro tubos. Tampe as soluções com o algodão e deixe-as de repouso durante 3 dias. Os alunos devem verificar o que acontece.

Para o professor: nessa atividade, verificaremos mudanças na clara de ovo apenas no tubo que contém suco de abacaxi, nos demais tubos a clara de ovo não sofrerá alterações. No tubo de ensaio onde foi colocado o suco de abacaxi poderemos observar uma diminuição da clara de ovo, já que a fruta contém uma enzima chamada de bromelina, que quebra a proteína presente na clara do ovo. No intestino grosso e intestino delgado também possuímos enzimas que quebram proteínas.

A absorção de água em nosso corpo

Material necessário

Copo; água; esponja.

Como fazer

Coloque água no copo e em seguida coloque a esponja seca dentro do copo. Os alunos devem verificar o que acontece.

Para o professor: em nosso intestino grosso há a absorção de vitaminas, sais minerais e uma parte da água contida nos alimentos ou que foi ingerida. Tais nutrientes são levados para as células e sangue do organismo.

A partir dessas atividades práticas, o professor pode trabalhar todo o processo de digestão. Além disso, o professor pode abordar também outros temas relacionados, como teor de vitaminas, proteínas e gorduras dos alimentos, a importância da ingestão de certos alimentos e de água, entre tantos outros.


Paula Louredo
Graduada em Biologia

  • terça-feira | 08/07/2014 | aline filipini

    eu adoreie porque me ajudou bastante!

  • domingo | 04/05/2014 | Luci Freitas

    Gostei. Práticas de fácil realização. Só gostaria de acrescentar que o intestino grosso não tem enzimas. Depois da digestão e absorção dos nutrientes no intestino delgado, sobra água e resíduos que não são absorvidos e que passarão ao intestino grosso onde há absorção de água e sais minerais e formação das fezes. Abraços.

  • segunda-feira | 09/12/2013 | andressa da an...

    achei legal

  • segunda-feira | 04/11/2013 | nikoly

    eu achei tudo muito interressante e gostarri que todos subesen disso

Brasil Escola nas Redes Sociais