Cadastre-se

Magnetismo na Sala de Aula


Ímã

Na ciência física o estudo do magnetismo é muito importante, tendo em vista que ele, juntamente com a eletricidade, compõe um importante ramo de estudo e que juntas explicam uma variedade de fenômenos cotidianos.

Para muitos alunos aprender a ciência física é complicado e às vezes muito doloroso, pois mesmo não querendo o aprendizado dessa ciência se faz necessário tanto para sua aprovação nos exames escolares quanto para as provas dos vestibulares. Existem alguns fatores que podem fazer com que os alunos não gostem de uma matéria escolar, no entanto o fator que ganha em disparado dos outros é o fato de eles, os alunos, não saberem qual a funcionalidade do que estão aprendendo dentro de sala de aula. Cabe ao professor de física, principalmente, mudar essa realidade. Um bom experimento é sempre bem recomendado, pois nele os alunos podem ver a ciência aplicada como também podem despertar o gosto pela matéria. Realmente ou infelizmente existem alguns tópicos da física que é praticamente impossível de exemplificar, mas esse não é o caso do magnetismo.

Unindo uma boa introdução histórica do surgimento e unificação do magnetismo com a eletricidade, passando então a ser conhecido como eletromagnetismo, a um experimento simples e de baixo custo que pode ser feito dentro da classe, o mestre de física pode fazer disso uma fonte de ilustração, motivação e discussão sobre o assunto do eletromagnetismo. Isso pode ser feito tanto por professores de ciências para os alunos de ensino fundamental como também por professores de ensino médio. Com um ímã ou através da construção de uma bússola caseira é possível, ao professor, introduzir os conceitos de magnetismo como também falar da sua aplicação no cotidiano, de forma que o aluno entenda que o estudo da ciência física vai muito além da sala de aula.

O magnetismo se encontra por detrás do funcionamento de inúmeras coisas como, por exemplo, a bússola. O ponteiro da bússola é um pequeno ímã com propriedades magnéticas, sendo que as duas principais são: a capacidade de criar um campo magnético ao seu redor e se quando esse ímã for colocado no campo magnético de outro ímã ele se alinha a esse campo. No entanto, não é somente o ímã que tem propriedades magnéticas, os fios de alta tensão que transmitem energia elétrica também possuem propriedades magnéticas, assim como qualquer outro material com uma corrente elétrica produz um campo magnético ao seu redor. Através desses meios descritos acima fica possível mostrar, tanto para alunos do ensino fundamental quanto para os de ensino médio, que a física é uma ciência presente em nosso cotidiano muito mais do que nós pensamos, e que o seu estudo se faz necessário para compreendermos como as coisas realmente funcionam. O que mencionamos aqui não é uma regra de como dar aula, mas sim uma forma de ajudar o professor de física a fazer com que os alunos se sintam motivados em aprender essa ciência.

Por Marco Aurélio da Silva
Equipe Brasil Escola

Física - Estratégias de Ensino - Educador - Brasil Escola

Artigos relacionados

  • sexta-feira | 29/11/2013 | rebeca

    achei legal

Brasil Escola nas Redes Sociais