Cadastre-se

Jogo dos países e capitais


Decorar os países e suas capitais não é o mais importante em Geografia, no entanto, conhecê-los enriquece o conhecimento geográfico.

O estudo da Geografia não se baseia no conhecimento mecânico de alguns temas, considerados como decorativos ou popularmente chamados de “decoreba”, dos quais podemos citar: saber quais são os continentes, os países e as suas capitais, os rios, as regiões e muitos outros.

No entanto, as evoluções ocorridas na Geografia nos últimos anos resultaram no esquecimento da importância de se conhecer tais informações, tendo em vista que os alunos, em grande parte, não sabem nem mesmo quais são as capitais dos Estados de seu país ou em que região habitam. Para sair do tradicionalismo e, ao mesmo tempo, conseguir inserir tal conhecimento na mente dos alunos, uma boa alternativa é promover um jogo. O mesmo pode ser desenvolvido em forma de gincana. Para a execução, a seguir os passos que devem ser seguidos:

1° passo: separe a turma em dois grupos, de forma que a quantidade seja proporcional (ex. dois grupos de 15 alunos).

2° passo: avise-os que deverão estudar os países do mundo e suas respectivas capitais.

3° passo: como são muitos países, cada grupo deve direcionar aos participantes os países que deverão estudar.

4° passo: antes do jogo, é importante realizar atividades que reforcem o conhecimento acerca dos países (como o uso do mapa mundi na sala).

5° passo: marque a data do jogo, se possível tente oferecer algum prêmio para tornar a dinâmica mais atrativa.

6° passo: no dia do jogo o professor separa os dois grupos na sala, de modo que eles fiquem de frente. A partir daí, o professor começa dizendo o nome de um determinado país direcionado a um dos grupos. Caso um dos integrantes saiba qual é a capital, são contabilizados dez pontos para o grupo. No entanto, se o mesmo não fornecer a resposta correta, passa-se a vez para o outro grupo. Ganha quem atingir o maior número de pontos no decorrer do jogo (cerca de 50 minutos).

Brincadeiras dessa natureza proporcionam integração entre os alunos e o professor, sem contar que os incentivam a ter um interesse maior nas aulas de Geografia, assim, aprendem de forma descontraída e divertida.

Por Eduardo de Freitas
Graduado em Geografia
Equipe Brasil Escola

Geografia - Estratégias de Ensino - Brasil Escola

Brasil Escola nas Redes Sociais