Cadastre-se

Formas de Avaliar o Aluno em Matemática

A educação, ao longo da história, passou por diversas mudanças visando à melhoria do ambiente escolar, a reformulação das grades curriculares, a criação de escolas voltadas para a inclusão social e educação especial. Mas nessas mudanças, debates e discussões envolvendo pessoas do meio educacional e membros representantes da sociedade abordaram incessantemente a forma de avaliar o conhecimento adquirido pelo aluno.

Atualmente a avaliação se tornou algo mais aberto e menos mecanizado, diferente de tempos atrás, quando as escolas avaliavam seus alunos através de provas extensas confeccionadas com exercícios estáticos. Nessas provas os estudantes não dispunham do pleno direito de resolver os problemas utilizando suas próprias habilidades. Eram obrigados a desempenhar resoluções de acordo com a metodologia imposta pelo professor tradicional.

As avaliações presentes não deixaram totalmente a característica tradicional, mas são mescladas com questões de múltipla escolha, além disso, os jovens possuem a liberdade de buscar métodos auxiliares na resolução das questões, desde que apresente fundamentos matemáticos plausíveis.

A avaliação contínua é responsável, em algumas instituições escolares, por 50% da composição total da nota. Essa avaliação presa o trabalho diário realizado pelo aluno, participação nas aulas, responsabilidade com as atividades diárias, comprometimento com os estudos, responsabilidade, dinamismo e comportamento exemplar de acordo com o ambiente escolar. Esse modelo de avaliação tornou-se uma forma de envolver o aluno no cotidiano da escola, visto que uma avaliação contínua de baixo rendimento compromete diretamente o conceito bimestral.

As questões deixaram de ser estáticas, abordando situações cotidianas e interdisciplinares, isto é, criando relações entre as ciências. As questões de múltipla escolha despertam no estudante uma visão crítica, pois na escolha da alternativa correta ele utiliza parâmetros de comparação entre o conhecimento adquirido e o exposto na avaliação.

Outra forma de avaliação é a aplicação semanal ou quinzenal de testes abordando conteúdos específicos. Esses testes podem ser aplicados no fechamento de algum capítulo do livro didático. Essa metodologia tem o objetivo de verificar sobre o entendimento do estudante sobre o conteúdo recente. Os trabalhos também constituem uma importante ferramenta de avaliação, visto que exige por parte dos alunos uma organização na sua confecção, promovendo um senso de organização e de responsabilidade, o qual deverá ser aproveitado futuramente.

Portanto, vimos que existem inúmeras formas de avaliar um aluno, de acordo com o ambiente escolar, em relação ao comportamento, utilizando provas discursivas e de múltipla escolha, trabalhos escolares, tarefas de casa, comprometimento escolar, participação nas aulas e nos eventos escolares. Todos esses meios são utilizáveis na constituição de uma nota bimestral.


 

Por Marcos Noé
Graduado em Matemática
Equipe Brasil Escola

Matemática - Estratégias de Ensino - Educador - Brasil Escola

  • segunda-feira | 26/08/2013 | Irdonina Alves...

    FOI muito bom essa explicacao do professor pois ja pensava nesse metodo de avaliacao pois vou utilizar .gostei e queria continuar vendo suas explicacao

Brasil Escola nas Redes Sociais