Cadastre-se

Experimento: geração de energia elétrica a partir do limão

A realização de experimentos em sala de aula é um bom caminho para fazer com que os alunos tomem gosto pela matéria e o assunto que está sendo estudado. Por exemplo, ao introduzir o estudo da eletrostática e eletrodinâmica, o professor pode levar um experimento que faça com que os alunos tenham uma idéia quantitativa do que ele vai estudar. Para introdução ao estudo da eletrostática e eletrodinâmica pode-se, por exemplo, mostrar como fazer para gerar energia elétrica através do limão.

De maneira bem divertida e descontraída podemos criar um gerador químico movido a suco de limão. Um limão solitário não é capaz de fazer o gerador, no entanto, se fizermos a ligação de vários deles podemos gerar energia elétrica capaz de acender uma pequena lâmpada como um led, por exemplo.

Ao introduzir no limão duas placas de metal constituídas de materiais diferentes, terá início uma reação que fará com que os elétrons fluam de modo ordenado em uma determinada direção, que vai de uma placa metálica para outra. Esse fluxo ordenado de elétrons é denominado de corrente elétrica. A energia elétrica gerada pelos limões não é muito grande, mas o necessário para que se possa acender um led, aquela luz dos mostradores de relógio ou até aquela luz que indica o funcionamento de aparelhos elétricos.

Para fazer esse experimento é preciso ter os seguintes materiais em mãos:

• Quatro a doze limões;
• Fio de cobre de 1,5 mm ou placas de cobre;
• Clipes, placas de zinco ou pregos de ferro;
• Um led de 1,5 volts, tesoura, lixa e tesoura para corte.

O primeiro passo para a realização deste experimento é amassar os limões, de forma que os gomos sejam rompidos e assim liberem o suco. Feito isso o próximo passo é trabalhar com as conexões, fios de cobre e clipes, que possibilitarão a passagem de corrente elétrica. Para fazer essas conexões corte o fio de cobre em pedaços menores, desencape as extremidades e lixe-as. Com os clipes, placas de zinco ou pregos em mãos, enrole as partes desencapadas dos fios neles, a parte desencapada do fio de cobre deve estar em constante contato durante todo o experimento. O próximo passo é “enterrar” os clipes nos limões, de forma que aconteça a ligação entre todos eles, e por final ao led. Ao final de toda montagem se o led não acender acrescente mais limões até que ela acenda.

Através desse experimento é fácil perceber como é possível unir a aula ministrada em sala com a prática. É mais importante ainda porque ele aborda tanto assuntos relacionados à química quanto à física, ou seja, a interdisciplinaridade, mostrando que as matérias não são isoladas umas das outras.

Por Marco Aurélio da Silva
Equipe Brasil Escola

Física - Estratégias de Ensino - Educador - Brasil Escola

  • sábado | 05/04/2014 | Renata

    Como eu arrumo o LED???

  • quarta-feira | 26/03/2014 | Ícaro S...

    Massa, vou ver uma maneira de usar com em um emissor de pulsos eletromagnéticos

  • quarta-feira | 20/11/2013 | wesley nunes

    Experiência muito legal vou apresentar ela no projeto experimentando física.

  • segunda-feira | 04/11/2013 | babi

    gostei...vou tentar fazer

Brasil Escola nas Redes Sociais