Cadastre-se

Correção Comentada de Exercícios

As atividades de fixação constituem uma importante ferramenta de aprendizagem, pois os conteúdos trabalhados em sala são fixados através de exercícios com níveis gradativos de dificuldade. A Matemática necessita dessa metodologia, visto que as teorias e propriedades são assuntos abstratos e de difícil visualização por parte dos alunos. Dessa forma, os fundamentos são trabalhados com a ajuda de exercícios didáticos e modelos retirados das avaliações de vestibulares.

Objetivando índices elevados de entendimento dos conteúdos, devemos realizar uma correção comentada de exercícios. Essa correção é caracterizada pelo professor em sala de aula - utilizando o quadro, dessa forma, os alunos podem realizar a correção de seus cálculos com base na demonstração. Essa ferramenta de ensino identifica os erros cometidos e aponta os principais problemas no processo de aprendizado. Com isso o professor pode traçar metas direcionadas no intuito de esclarecer as dificuldades detectadas.

Aproveitando esse processo, o profissional pode identificar o tipo de erro que o aluno está cometendo: na interpretação, no desenvolvimento ou no desconhecimento total do conteúdo.

Erros de interpretação

Essa falha ocorre em alunos com problemas de interpretação de textos, ocasionando consequências negativas na manipulação dos dados do enunciado de um problema.

Erros de desenvolvimento

Nesse caso o estudante realiza cálculos fora de um padrão aceitável, ele procura satisfazer o resultado apropriado cometendo erros de adição, subtração, multiplicação, divisão, potenciação, radiciação entre outros.

Erros de desconhecimento total

A situação envolve uma escolha de operação totalmente fora do contexto proposto pelo enunciado. Ele manipula os dados escolhendo uma forma de resolução não adequada.

É por meio de algumas ferramentas metodológicas que detectamos as dificuldades ocorridas na educação, proferindo mudanças capazes de corrigir os erros e contribuindo para um melhor índice de aproveitamento e rendimento dos estudantes.

Por Marcos Noé
Graduado em Matemática
Equipe Brasil Escola

Matemática - Estratégias de Ensino - Educador - Brasil Escola

Brasil Escola nas Redes Sociais