Cadastre-se

Conhecendo os fatores bióticos e abióticos de um ecossistema

O conjunto formado pelos fatores bióticos e abióticos forma um ambiente estável que chamamos de ecossistema.

A interação entre os seres vivos e o ambiente físico forma um ecossistema
A interação entre os seres vivos e o ambiente físico forma um ecossistema

A biosfera, região da Terra onde há seres vivos, é composta por milhões de espécies de seres vivos que se relacionam entre si. Os seres vivos de uma comunidade biológica, ou seja, os fatores bióticos podem ser considerados em dois grupos: os organismos autótrofos e os organismos heterótrofos. Todos os seres vivos de uma comunidade biológica interagem entre si e também com os fatores não vivos do ambiente, que são chamados de fatores abióticos. Os fatores abióticos podem ser físicos (como radiação solar, temperatura, luz, umidade, ventos), químicos (como os nutrientes presentes nas águas e nos solos) ou geológicos (como o solo).

A atividade proposta abaixo, que dura cerca de um mês, é direcionada aos alunos da Educação de Jovens e Adultos (EJA), e tem como objetivo a diferenciação dos fatores bióticos dos abióticos, caracterizando os fatores bióticos.

Para a realização dessa atividade serão necessários os seguintes materiais:

- Sementes de feijão;

- 1 Kg de terra para plantio;

- Dois recipientes fundos, ou se preferir, dois vasos pequenos;

- Uma fruta ou um pedaço de pão;

- Um saco plástico transparente;

- ½ Kg de areia;

- ½ litro de água;

- Dois copos com tampa ou filme plástico.

1° etapa da atividade

Comece essa etapa pedindo aos alunos que façam duas listas, sendo que uma contenha os fatores bióticos e a outra os fatores abióticos, e depois disso pergunte a eles o que os levou a fazer essa primeira categorização. É bem provável que na lista dos fatores bióticos apareçam animais e plantas, e na lista dos fatores abióticos, rochas, vento e solo. Nesse momento é importante que o professor discuta as hipóteses dos alunos, para que assim possam iniciar uma investigação sobre as características comuns a todos os seres vivos, como capacidade de reprodução, evolução, manutenção do metabolismo, etc., e quais as características os diferenciam dos fatores abióticos.

2° etapa da atividade

Em um segundo momento, plante as sementes de feijão nos recipientes utilizando a terra para plantio. Molhe a terra diariamente sem encharcar e peça aos alunos que os observem por cerca de dez dias. Volte à lista inicial feita pelos alunos, e identifique os feijões como as plantas que eles mencionaram. Peça a seus alunos que escolham um animal para observarem, sendo que esse animal pode ser um filho, neto, sobrinho, animal de estimação, ou ele próprio. O professor deve direcionar essa observação dos alunos com os seguintes questionamentos:

- As plantas e os animais se alimentam?

- Do que as plantas se alimentam?

- Do que os animais se alimentam?

- Animais e plantas crescem?

- Do que os animais e as plantas precisam para se desenvolver?

- Os animais e as plantas podem gerar seres semelhantes a eles?

3° etapa da atividade

Nessa etapa o professor irá trabalhar com os alunos os seres vivos que não conseguimos enxergar, verificando a existência de outros seres vivos além das plantas e dos animais. Para a observação, coloque o pão ou a fruta dentro do saco plástico transparente, amarre-o, e o coloque em um local onde ele não receba a luz do sol. Pergunte os alunos o que poderá acontecer com esse alimento após alguns dias. A resposta mais comum será: “estragar!” Diante dessa resposta, questione-os: “O que é estragar?”, “Como e por que isso irá acontecer?”.

Essa observação pode durar cerca de duas semanas, mas, em alguns casos, será possível observar os fungos antes desse tempo.   Assim que os fungos ficarem visíveis a olho nu,  o professor pode fazer os seguintes questionamentos:

- Que seres vivos são esses?

- Do que os fungos se alimentam?

- Os fungos crescem?

- Os fungos são capazes de gerar seres semelhantes a eles?      

4° etapa da atividade

Nessa etapa, os alunos deverão observar os fatores abióticos. Para isso, peça a eles que coloque em um dos copos, água, e no outro areia, fechando-os muito bem. A observação desses dois fatores pode ocorrer por vários dias, para que não apareçam dúvidas quanto à natureza desse componente. Após a observação, solicite aos alunos que respondam às mesmas perguntas que foram feitas anteriormente sobre as plantas e animais.

5° etapa da atividade

Todas as informações obtidas durante as etapas da atividade deverão ser reunidas a fim de que os alunos possam concluir que animais, plantas e fungos são fatores bióticos, pois eles crescem, desenvolvem-se, produzem energia e podem gerar seres semelhantes. Já areia e a água são fatores abióticos, pois eles não crescem, não se alimentam, não se reproduzem, e não sofrem alterações evolutivas ao longo do tempo.

Final da atividade

Ao final da atividade, peça aos alunos que retornem à lista feita inicialmente e façam as alterações necessárias. Em seguida, peça a eles que confeccionem cartazes com figuras dos fatores bióticos e abióticos, detalhando as características de cada um.


Por Paula Louredo
Graduada em Biologia

  • segunda-feira | 28/10/2013 | beatriz pessan...

    muito bom

  • sexta-feira | 20/09/2013 | Fernando

    eu gostei de site, muito bom para pesquisa!!!

Brasil Escola nas Redes Sociais