Cadastre-se

Como compor uma sala temática de História?

A sala temática de História se confirma como espaço pedagógico significativo para o processo de ensino-aprendizagem.

As salas temáticas proporcionam uma aprendizagem significativa para os alunos
As salas temáticas proporcionam uma aprendizagem significativa para os alunos

Em conversas com professores de História, em relação às aulas e salas dessa disciplina, chegamos às seguintes conclusões: para as aulas se tornarem um ambiente significativo para o processo de ensino-aprendizagem, precisamos utilizar recursos tecnológicos, trabalhar com documentos históricos em sala de aula e possuir uma sala temática de História. Analisando essas conclusões, chegamos ao seguinte entendimento: é possível colocar em prática essas propostas de ensino de História, porém seria necessário um maior financiamento para a educação pública, e, em relação às instituições particulares, mais incentivos para melhorar as estruturas físicas e materiais das escolas. Ressaltamos que algumas instituições públicas e particulares possuem boas estruturas físicas e materiais, mas estas fogem à regra.

Como compor uma sala que seja atrativa e significativa para o processo de ensino-aprendizagem dos alunos? No decorrer do texto proporemos a formação dessa sala de aula para os professores de História. Mas, adiantando, para compor uma sala temática de História, necessitaríamos, antes de tudo, do espaço físico, isto é, uma sala somente para a disciplina.

Um ambiente pedagógico que disponha de materiais e recursos e que possa contemplar os diferentes segmentos sociais e étnicos (homens, mulheres, negros, índios, idosos, migrantes, imigrantes, homossexuais, entre outros) pode auxiliar na concepção de ensino que entende a História como um processo. Nessa concepção, existe a participação dos diversos sujeitos históricos que citamos acima. Portanto, o desenvolvimento de um significativo ensino de História, através do qual os alunos se compreendam como sujeitos históricos, requer uma adequação nesse ambiente pedagógico – e a sala temática é uma opção.

Em uma sala temática de História é imprescindível a presença e a utilização didático-pedagógica de imagens (fotografias, gravuras, reproduções de obras de arte, xilogravuras, charges). Esses materiais possibilitarão que o professor demonstre para os alunos a identificação de aspectos que caracterizam épocas, locais, povos, fatos e acontecimentos. Com esses materiais, os alunos perceberão as mudanças, permanências, rupturas e semelhanças em diferentes épocas e espaços.  

Outros elementos que devem fazer parte das salas temáticas de História são os objetos da cultura material (vestimentas, utensílios domésticos, ferramentas, ornamentos, móveis, entre outros). Esses objetos materiais, palpáveis, possibilitarão o contato dos alunos com elementos de seu convívio social e étnico e de outros grupos sociais, em diferentes tempos e espaços, contribuindo para a compreensão de diferentes culturas, na medida em que esses objetos estão relacionados à sobrevivência de cada cultura.

Os fantoches integram também a lista de materiais presentes nas salas temáticas de História. Eles permitem a representação de aspectos e situações que envolvem pessoas e grupos que formam a sociedade. Os professores também podem utilizar discos, fitas de vídeos, DVD, áudio e CD, pois as linguagens musical e cinematográfica proporcionam o contato dos alunos com outras manifestações culturais de diferentes tempos e espaços.

Nas salas temáticas de História podemos utilizar o gravador de voz, que permite o registro de depoimentos de pessoas. O professor de História pode iniciar em sala essa atividade com os alunos, simulando uma entrevista. Posteriormente, os alunos poderão entrevistar outras pessoas em seus trabalhos de pesquisa. A filmadora e a máquina fotográfica também podem contribuir bastante para a compreensão da História pelos alunos, pois esses materiais possibilitam o registro de locais, situações e atividades vividas pelos alunos de uma turma. A utilização da filmadora e da máquina favorecerá a discussão e a reflexão sobre a realidade observada, além de contribuir para documentar a história do grupo de alunos.

Globo terrestre, mapas históricos e geográficos são imprescindíveis em uma sala de História, pois permitem a localização espacial dos diferentes povos e culturas estudados e possibilitam o reconhecimento da reorganização do espaço físico e político ao longo dos tempos. A sala temática também pode ser composta de jogos (que tragam novos desafios aos conhecimentos desenvolvidos no estudo da História), atlas, dicionários, livros didáticos e paradidáticos, arquivo de artigos, de jornais, revistas, letras de músicas, textos históricos... Todos esses materiais podem dar base aos alunos nos trabalhos de pesquisa em sala de aula, ou seja, podem proporcionar a reflexão e o aprofundamento dos temas em estudo.

A presença de painéis para textos e figuras pode ser atrativa para fixação, complementação e síntese dos temas trabalhados, estimulando ainda o interesse e a participação dos alunos.      

Embora a formação das salas temáticas de História esteja longe da realidade de milhões de escolas no Brasil, os professores não precisam compor suas salas de História com todos os materiais citados acima, mas podem ao menos tentar utilizar aqueles materiais que estejam mais próximos da sua realidade e da escola.

Leandro Carvalho
Mestre em História

  • terça-feira | 11/03/2014 | Ivone Cardoso

    É muito bom saber que há pessoas pensando como eu, não somente a sala temática mas, gostaria que os alunos estivessem estudos direcionados há profissão desejada, se para medicina direcionar o estudo para essa área e todas as outras profissões para área que ele acredita que vai se identificar, isso para o ensino médio, ainda.

Brasil Escola nas Redes Sociais