Cadastre-se

Como calcular crescimento vegetativo e densidade demográfica


A Geografia realiza diversos estudos acerca das populações.

No estudo das populações, os dados que apontam crescimento populacional e densidade demográfica são os mais analisados. A maioria dos livros de Geografia traz em suas páginas informações dessa natureza. Mas é preciso saber como calcular tais informações. Essa é uma ótima oportunidade para o professor propor uma atividade diferente, fugindo um pouco da Geografia propriamente dita e ingressando em dados matemáticos. O mais importante é mostrar como os centros de pesquisa, como o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), realizam os cálculos que mais tarde são inseridos nos livros didáticos.

Abaixo um exemplo de cálculo de crescimento vegetativo ou natural.

Para a realização desse cálculo é necessário o número de nascimentos. Desse, subtrai o número de falecimentos, dessa forma obtêm-se o resultado.

População de uma determinada cidade: 25000.
Número de nascimentos: 2320.
Número de falecimentos: 1784.

N° nascimentos – N° de falecimentos = 536.

Podemos afirmar que houve crescimento vegetativo, isso em virtude do número de nascimentos ser maior que o de falecimentos.

A seguir o cálculo da densidade demográfica brasileira:

O Brasil ocupa uma área de 8 514876 km2, na qual vivem aproximadamente 190 milhões de pessoas. Para calcular a densidade demográfica ou população relativa é necessário:

Densidade demográfica = população absoluta
área territorial brasileira

Densidade demográfica = 190000000 habitantes = 22,31 hab/Km2
8 514 876 km2

Esse tipo de cálculo serve para verificar a quantidade de habitantes por km2.

Por Eduardo de Freitas
Graduado em Geografia
Equipe Brasil Escola

Geografia - Estratégias de Ensino - Educador

  • terça-feira | 17/07/2012 | jessica

    a gostei muito me ajudou pra minha prova de geografia obrigada

  • sábado | 26/11/2011 | Fernando

    Valeu!!!! Muito obrigada à vocês!!!!!!! Espero um dia poder retribuir o favor a alguem!!!!! Falou, até +!!!!!

Brasil Escola nas Redes Sociais