Cadastre-se

Bomba de sódio e potássio | Sugestão de Aula


Explicando a fisiologia da bomba de sódio e potássio.

SUGESTÃO DE AULA RELACIONADA AO FUNCIONAMENTO E IMPORTÂNCIA DA BOMBA DE SÓDIO E POTÁSSIO

O ensino desse conteúdo envolve bastante atenção por parte dos educadores, no que diz respeito ao planejamento de aula e transmissão do assunto, tendo em vista a minuciosidade deste mecanismo químico-biológico.

Durante a apresentação da matéria, a descrição fundamental do mecanismo da bomba de sódio e potássio deverá conter os seguintes aspectos:

- Representa um processo ativo, que ocorre através da membrana lipoprotéica, com provimento de energia metabólica fornecida pela célula que desempenha este trabalho;

- Ocorre contra o gradiente de concentração da substância. Nesta situação o soluto está representado por elementos iônicos: o sódio (Na+) e o potássio (K+);

- A dependência de proteínas transmembranares (enzimas) que realizam o transporte destes íons para dentro ou para fora das células;

- E a importância e necessidade desta fisiologia para o funcionamento da célula e do organismo.

Desta forma, é interessante que o professor caracterize a tendência das reações ao equilíbrio das concentrações de soluto, mas em alguns casos, o movimento das partículas (os íons ou moléculas) ocorre em desacordo ao princípio de estabilidade.

Na bomba de sódio e potássio, estes dois íons passam da região de menos concentração para a de maior concentração, requerendo esforço metabólico da célula.

O sódio que tende a entrar na célula é forçado a sair;
E o potássio que tende a sair da célula é forçado a entrar.

Funções da Bomba de Na+ e K+ que devem ser ressaltadas em sala de aula:

- Manutenção de uma alternância de carga elétrica nas regiões interna e externa da célula: mais positiva fora e mais negativa dentro, sendo condição essencial para a propagação do impulso nas células nervosas;

- Regulação osmótica (teor de solvente / hidratação): a maior concentração de apenas um íon no interior da célula poderia causar uma hipertonicidade (absorção excessiva de água), podendo resultar em uma plasmólise (ruptura da membrana e morte da célula). Porém, existe uma harmonização envolvendo dois íons (um saindo e o outro entrando);

- E auxílio no transporte de substâncias como, por exemplo, aminoácidos e carboidratos para o interior da célula.

Por Krukemberghe Fonseca
Graduado em Biologia
Equiipe Brasil Escola

Biologia - Estratégias de Ensino - Educador - Brasil Escola 

Brasil Escola nas Redes Sociais