Cadastre-se

Atividades complementares em Geografia


Atividades complementares motivam os alunos.

Atividades complementares são aquelas que acrescentam ou agregam conhecimento em um determinado conteúdo. A execução desse tipo de atividade deve ser implantada de acordo com a ligação existente entre o conteúdo estudado e a curiosidade, informação, dado e o texto complementar, ou seja, coerência entre os mesmos.

Todo conjunto de atividades complementares, como textos, fotografias, filmes entre outros, são importantes para atrair os alunos e torná-los mais atuantes, dessa forma, podem disponibilizar um maior interesse acerca do tema e conseqüentemente produzir um bom aproveitamento na disciplina.

Esse tipo de atividade recebe o nome de interdisciplinaridade e/ou tema transversal (vai além do conteúdo e até da disciplina), a partir desses pode-se estabelecer uma avaliação acerca do conhecimento do aluno. Abaixo algumas situações que podem ser inseridas nos textos complementares.

• Movimento de translação: Nesse conteúdo é interessante apresentar um texto complementar que retrate os fenômenos afélio e periélio.

• Fuso horário: Nesse caso estabelecer uma ligação com o horário de verão e a quantidade de fusos existentes no Brasil.

• Dimensão do território brasileiro: apresentar a distância entre os extremos de leste a oeste e de norte a sul.

• Camadas da Terra: explanar sobre a idade do planeta Terra.

• Relevo: apresentação de material que mostre as forças epirogênese e orogênese.

• Hidrografia: exposição de materiais que mostram a importância dos rios para a humanidade.

• Águas subterrâneas: Texto complementar sobre o aqüífero Gurani.

Esses são apenas alguns dos muitos casos que são propícios a estabelecer ligações entre o conteúdo e um tema relacionado. O principal objetivo é alcançar o aluno por meio de outros assuntos que se encontram paralelos. O trabalho do professor não se resume a ensinar um dos conteúdos curriculares referente a cada série, é buscar incessantemente a atenção, o interesse, a motivação e aprendizagem do aluno.

Por Eduardo de Freitas
Graduado em Geografia
Equipe Brasil Escola

Geografia - Estratégia de Ensino - Educador

Brasil Escola nas Redes Sociais